O que a mamãe deve saber sobre o início da alimentação do seu bebê

0 Comentários // em Alimentação do Bebê Eventos // 9 de junho de 2011

Algumas dicas para você que é mamãe de primeira viagem e está na transição da amamentação exclusiva para o início da alimentação do seu bebê:

  • A alimentação deve ser oferecida sem rigidez de horários, respeitando-se sempre a vontade da criança.
  • O bebê deve receber alimentos quando demonstrar fome. Horários rígidos para a oferta de alimentos prejudicam a capacidade da criança de distinguir a sensação de fome e saciedade. É necessário que a criança desenvolva seu próprio controle sobre a seleção dos alimentos e a ingestão.
  • Ressalta-se ainda que a criança que inicia a alimentação está aprendendo a testar novos sabores e texturas de alimentos e que sua capacidade gástrica é pequena.
  • A relutância em consumir novos alimentos é uma resposta normal. A aprendizagem é um fator importante na aceitação de novos alimentos, e está cientificamente provado que existe relação direta entre a freqüência das exposições e a preferência pelo alimento. Muitos dos alimentos que a criança rejeita inicialmente terminam sendo aceitos se ela tiver ampla oportunidade de prová-los. No entanto, é necessário paciência, pois muitas vezes o processo é lento, podendo ser necessárias de 8 a 10 exposições para se conseguir aceitação definitiva.
  • São desaconselháveis práticas nocivas de gratificação (prêmios) ou coercitivas (castigos) para conseguir que a criança coma.
  • Algumas crianças precisam ser estimuladas a comer, nunca forçadas.