Vídeos

0 Comentários // em Alimentação da Criança Alimentação do Bebê Mídia Serviços // 29 de julho de 2014

videos

A SÉRIE DE VÍDEOS ABAIXO FOI GRAVADA PARA O SITE AMAMENTAR É DA JORNALISTA CHRIS NICKLAS


  • Sobre o efeito protetor do leite materno:

 


  • Sobre Licença Maternidade e a alimentação do bebê com 4, 5 e 6 meses:


  • Sobre a importância do aleitamento materno exclusivo até os 6 meses de idade:


  • Sobre como conciliar a introdução de alimentos na dieta do bebê com o aleitamento materno em livre demanda:

Food Revolution Day – Rio de Janeiro

0 Comentários // em Dicas da Nutricionista Mídia // 13 de maio de 2013

É com prazer que anuncio a minha participação no Food Revolution Day – Rio de Janeiro, levando o Projeto Que corpo sou eu?, idealizado e coordenado por mim e pela psicóloga Fernanda Alcantara de Oliveira. O Que Corpo Sou Eu? é uma parceria entre psicologia, nutrição, famílias e escolas, pela promoção do cuidado de Si, das relações e da alimentação, através de palestras e oficinas.

O que é o Food Revolution Day?

É um movimento criado pelo Chef Jaime Oliver, este ano acontecerá no dia 17 de Maio. É um dia de ação global para que as pessoas entendam sua relação com o alimento e desenvolvam suas habilidades essenciais na cozinha, de maneira prática e rápida como precisamos no mundo de hoje.

Nós aqui no Rio de Janeiro contaremos com a participação de profissionais da área para uma palestra/debate sobre o tema, além da exibição do documentário Muito Além do peso (Maria farinha filmes e instituto Alana). Além de oficinas práticas de montagem de merendeiras de forma prática sem deixar a saúde de lado. Oficina de substituição alimentar para a familia, mostraremos como simples trocas de ingredientes fazem a diferença na saúde, sem perder o sabor. E claro tudo isso com um delicioso Coffe Break e muito bate papo saudável.

Local:

Auditório da Central de Produção Multimídia da Escola de Comunicação da UFRJ CPM-ECO-UFRJ, Campus da Praia Vermelha, Av. Pasteur, 250 – Fundos.

Dia e Horário:

17/05/2013 – Sexta Feira

Inicio: 13:00hs
Término: 18:30hs

O que levar:

Papel, caneta e muita vontade em aprender.

Cronograma:

13:00hs – Chegada dos palestrantes e participantes

13:30hs – Inicio da exibição do documentário

De 14:10hs as 16:30 – Palestras e debates (com participação do público) com:

QUE CORPO SOU EU?

Promoção do Cuidado de Si, das Relações e da Alimentação

- Vamos comer comida?
- Competência e autonomia alimentares na infância
- Comer normalmente: o que é?
- De que valores seus filhos estão se nutrindo?

Palestrantes:

Naila Soares
Nutricionista (CRN 10100749) pela Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM). Pós graduada em Bases Nutricionais da Atividade Física pela Universidade Gama Filho (UGF). Atua no atendimento clínico propondo alternativas mais saudáveis através de alimentos naturais, preventivos e auxiliares nos desequilíbrios que podem comprometer a saúde e a boa forma. Nutricionista do Projeto SOS Mamãe & Cia e palestrante convidada da Oficina para Gestantes, onde são trabalhados o desenvolvimento da competência alimentar da família e o resgate de uma alimentação mais natural, preparando papais e mamães para receberem seus bebês. Coordenadora do Projeto Que corpo sou eu? – trabalho de atenção à crianças, adolescentes, famílias e educadores.
Página na Internet: www.nailasoares.com.br
Página no Facebook: https://www.facebook.com/pages/Nutricionista-Naila-Soares
Contatos: (21) 8345-0277contato@nailasoares.com.br
-
Fernanda Alcantara de Oliveira
Psicóloga (CRP 05/37356) pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro, onde realizou pesquisa-intervenção em escolas de ensino fundamental, em programa de educação e em formações de professores. Desenvolveu e implementou projeto social de apoio à educação pelo Rotary Club. Coordenou análise institucional em escola de ensino infantil com pais e professores. Atuou como psicóloga em instituições de saúde pública com crianças, adolescentes, e adultos – atendendo, inclusive, autistas e portadores de sofrimento psíquico intenso, e suas famílias. Atualmente dedica-se ao Que Corpo Sou Eu? – trabalho de atenção à crianças, adolescentes, famílias e educadores – e atende em consultório com Psicoterapia, Yoga Nidra e Meditação Guiada. Dedica-se ao estudo da concepção e parentalidade consciente; expressão corporal; Hatha Yoga; Ayurveda e dependência química.
Página na Internet: http://fealcantara.blogspot.com.br
Página no Facebook: https://www.facebook.com/fernanda-Alcantara-de-Oliveira/
Contatos: (21) 8790-8582fe.alcantara@gmail.com
-
CRIANÇA E COMIDA: LUCRO FÁCIL PARA A MÍDIA
Palestrante:
Suzy Santos
Professora da Eco-UFRJ, Coordenadora do Grupo de Pesquisa em Políticas e Economia da Informação e da Comunicação e criadora do Blog Bicho Papinha http://bichopapinha.com.br/
-
OBESIDADE INFANTIL
Palestrante:
Luciane Nacif
Pediatra neonatologista.
-
COFFEE BREAK E OFICINAS (16:30 as 18:30hs)

Oficina de montagem de merendeiras com Thais Ventura culinarista infantil e autora do blog As Delicias do Dudu http://www.asdeliciasdodudu.com.br/

Oficina de substituição com a  blogueira Mila Cozzi participará do evento compartilhando suas receitas saudáveis e técnicas para transformar os alimentos.

” Ser saudável de forma gostosa e com prazer é a chave do sucesso e para isso precisamos de criatividade na cozinha. Vou dividir com vocês minha experiência de mais de 20 anos de vida saudável. “
-
Mila Cozzi é advogada, mãe, viciada em alimentação saudável e começou a compartilhar em Janeiro/2013 sua rotina e receitas saudáveis através do Instagram e facebook hoje possui mais de 10 mil seguidores interessados em uma vida mais saudável e de qualidade.
Instagram : @milacozzi
Facebook: www.facebook.com/mila.cozzi.fanpage

Inscrições gratuitas e ilimitadas. Doação de 1kg de alimento não perecivel para ser doado para uma instituição de caridade que cuida de crianças a ser definida.

Favor preencher a ficha de participação: https://docs.google.com/a/nailasoares.com.br/forms/d/1chqzGgMaYb7Cr_hlUdJSVAB4v9ZLI2cX_oWojizwX0w/viewform

OBS: Caso desista favor avisar com 24hs de atencedência para a vaga ser preenchida.

Comer direitinho começa cedo

0 Comentários // em Mídia // 2 de agosto de 2011


Após passar um período recebendo o que há de melhor em alimentação – o leite materno – o bebê começará a receber outros alimentos e, então, será muito importante manter o padrão de excelência.

A partir dos seis meses de idade a criança já apresenta maturidade para receber outros alimentos, os chamados complementares que, como o nome diz, complementam as mamadas e não as substitui, devendo estas permanecer até os dois anos de idade ou mais. Para o crescimento saudável, a alimentação complementar deve ser rica em energia, proteínas e micronutrientes, particularmente o ferro, o zinco, o cálcio, as vitaminas A e C e o ácido fólico.

Desafios iniciais

A introdução desses novos alimentos deve ser lenta e gradual, e a mãe deve saber que o bebê tende a rejeitar as primeiras ofertas, pois tudo é novo: a colher, a consistência e o sabor. Está cientificamente provado que existe uma relação direta entre a frequência das exposições e a preferência pelo alimento, podendo ser necessárias de oito a dez exposições para se conseguir uma aceitação definitiva. É, mamãe… é preciso ter paciência mesmo, mas você consegue, sim! A saúde do seu bebê é o que importa, não é mesmo?

No início, a quantidade ingerida é pequena e a mãe deve oferecer o peito após as refeições. O tamanho da porção quem determina é o bebê, lembrando que sua capacidade gástrica é pequena, de 30 a 40 ml por quilo de peso. Faça a conta do seu bebê para ter uma base do volume de alimento que ele suporta, isso vai te ajudar bastante no porcionamento e oferta de alimentos. Lembre-se também que as refeições devem ser oferecidas sem rigidez de horários, respeitando-se a vontade da criança.

Comendo certo para crescer saudável

Essa fase é muito importante para formação de hábitos alimentares saudáveis, pois é quando a criança conhece a infinidade de sabores que a acompanharão pelo resto da vida. Logo, as preparações devem ser sem sal, açúcar ou outros temperos fortes que mascaram o sabor natural dos alimentos. As refeições não devem ser oferecidas na mamadeira, e sim na colher ou copo; os bebês já estão preparados, sim, não tenha receio.

Aos seis meses de idade devem ser oferecidas duas papinhas de fruta ao dia, no meio da manhã e da tarde. Duas semanas depois, será o momento de oferecer o almoço com a papa salgada preparada com legume, cereal ou tubérculo e carne ou vísceras ou feijões. Só depois que o bebê já estiver aceitando bem a papa do almoço é que se deve dar a segunda refeição salgada do dia, no jantar.

Essas preparações devem ter consistência pastosa, como a de um purê grosso, e não devem ser liquidificadas nem passadas na peneira, pois além de triturar as fibras, predispondo o bebê à prisão de ventre, desestimulam a mastigação, criando hábitos indesejáveis. A partir do oitavo mês, a criança já poderá receber os alimentos preparados para a família, desde que sem temperos picantes, amassados, triturados ou picados. Com um ano, deve-se acrescentar às três refeições mais dois lanches ao dia com frutas ou mingaus. Nesta fase o bebê se torna apto a receber alimentação sólida, que estimulará sua mastigação.  À medida que o volume aceito da papinha for aumentando, o bebê deixará espontaneamente a mamada daquele horário.

Vale lembrar que se a criança não estiver recebendo leite materno, devem-se oferecer cinco refeições desde os seis meses de vida: frutas duas vezes ao dia em forma de purê e duas papas salgadas ao dia, além de um mingau de cereal, farinha ou amido.

Na mídia: Como substituir a carne vermelha?

0 Comentários // em Mídia // 30 de julho de 2011

Queridos amigos e pacientes, na revista AnaMaria dessa semana foi publicada uma matéria escrita por mim sobre como substituir a carne vermelha e manter uma alimentação saudável e equilibrada.

Para os interessados, disponibilizo, aqui, o link da reportagem. Basta clicar!

http://mdemulher.abril.com.br/saude/reportagem/alimenta-saude/como-substituir-carne-vermelha-635039.shtml

Abraços, Naila Soares.